Suplementação com peptídeos de colágeno
Posted in Blog

O colágeno é o elemento estrutural do organismo responsável por promover resistência aos tecidos cartilaginosos e participar da diferenciação, adesão, migração e proliferação celular. As articulações são as áreas mais afetadas quando ocorre alta degradação de colágeno no organismo, seja por lesões relacionadas a doenças inflamatórias, lesões esportivas ou processo de perda fisiológica pelo envelhecimento. Uma das lesões esportivas mais disseminadas entre os atletas são as entorses de tornozelo.

O tecido-alvo afetado da articulação do tornozelo é composto por aproximadamente 70% de colágeno, proteína que promove elasticidade e firmeza dos tendões, ligamentos e tecidos conjuntivos, constituindo um dos componentes mais predominantes da matriz extracelular.

A progressão de entorses recorrentes de tornozelos é caracterizada pela instabilidade crônica que provoca sintomas relacionados à dor, fraqueza e baixa mobilidade, capazes de afetar as atividades da vida diária, atividades funcionais e o próprio exercício físico. A suplementação com peptídeos de colágeno específicos vem sendo evidenciada como uma estratégia efetiva para estimular a expressão da matriz extracelular e a biossíntese de colágeno dentro do tecido conjuntivo.

Um estudo (2018) avaliou a eficácia da suplementação específica de peptídeo de colágeno na promoção da estabilidade do tornozelo em atletas com instabilidade. A amostra da pesquisa foi composta por 50 atletas masculinos e femininos, em um modelo de intervenção randomizado, duplo-cego e controlado por placebo com administração oral diária de 5g de colágeno hidrolisado ou 5g de placebo, por um período de seis meses. Foram utilizadas técnicas específicas para avaliar a estabilidade mecânica, incluindo a medida da rigidez do tornozelo por um artrômetro do tornozelo.

Os resultados da intervenção mostraram que, após seis meses de tratamento, o relatório subjetivo da função de estabilidade do tornozelo melhorou significativamente, sendo que os três meses de acompanhamento apontaram um declínio expressivo no número de lesões da articulação do tornozelo.

Os dados obtidos com a suplementação de colágeno resultaram em melhorias significativas na função articular, aumentando sua estabilidade. Os autores concluíram que a redução na taxa de reincidência de lesão no período de acompanhamento pode significar uma alta relevância clínica, evidenciando a eficácia desse tipo de suplemento na prescrição nutricional.

 

Referência

DRESSLER, P. et al. Improvement of Functional Ankle Properties Following Supplementation with Specific Collagen Peptides in Athletes with Chronic Ankle Instability. Journal of Sports Science and Medicine, v. 17, p. 298-304, 2018.

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.